Reykjavik, 12/06/2019

Acordei às 11:00, como ninguém limpa o quarto se não for pedido, ninguém enche o saco. Tomei café com o muffin e saí a procura do museu dos vikings. Demorei um pouco, mas achei. Bem legal, umas telas que mostram vários pontos do assentamento. Antes de 872 já havia vikings por aqui. Grande erupção naquele ano. O nível do mar subiu uns 2 ou 3 metros e de lá pra cá, muita coisa foi coberta pela água. Cromossomos dos islandeses comuns aos asiáticos, quer dizer que podem ter descido pela península de Kara … Russa. Não é grande, poucos achados, ruínas de uma casa e só, mas bem interessante.

Saindo dali dei uma volta pela old harbour, muitos pequenos restaurantes. Acabei indo almoçar no Grillhúsid, paguei com euros a conta de € 50,00 com a gorjeta. Esqueci de pegar nota. Já eram umas 17:00.

Voltei pro Centric, troquei de casaco e saí pra dar uma volta. Andei no parque, sentei-me um pouco, dei umas voltas, sai na Harpa, fui na Old harbour pensando em comer algo leve, uma sopa, mas não achei lugar. Voltei! Depois passei no 1101 pra pegar burrito e sanduíche. Cheguei no hostel e peguei mais café e açúcar! Subi, esquentei o burrito, fiz um café, comi a metade da coisa, comi a bolacha doce e deu! Aí, fui arrumar a mala, bem rápido. Já está pronta. Tudo certo, só preciso confirmar onde é o ponto de ônibus 10 da GrayLine pra ir pro aeroporto, parece que não é esse na frente do hostel! São 00:02 na minha última noite na Islândia! Quem diria?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s