De Reykjavik a Tupandi

Depois de ter estado em Reykjavik na Islândia, acreditei que estava pronto para enfrentar qualquer inverno no Brasil, aí fui visitar meu irmão que mora em Tupandi. Onde? Tupandi, Rio Grande do Sul, na subida da serra gaúcha saindo de Porto Alegre.

Tupandi é de colonização alemã, como várias outras regiões espalhadas pelo sul do Brasil.

Natural que sou do Rio Grande, não tinha como não passar por Porto Alegre antes de seguir rumo à alemoada e eis aí a minha grande surpresa! A orla do Guaíba totalmente ornada com equipamentos urbanos e criações arquitetônicas do genial Jaime Lerner! Fiquei pasmo e orgulhoso, pois a margem do Guaíba se transformara em algo sensacional, desde a última vez que lá estivera. Bares, restaurantes, jardins, gramados, passarelas, esculturas, sol, gente bonita, chimarrão rolando solto, tudo sob um sol excepcional. Mostro as imagens ao final …

Aproveitei e curti muito aqueles momentos, jurando voltar, e me preparei para tomar meu rumo!

No dia seguinte, peguei um ônibus na rodoviária de Porto Alegre que ia pra Bento Gonçalves e deixava uns viventes, no caso, eu somente, na rodoviariazinha de Bom Princípio, (há que se falar a verdade: muito melhor do que as muitas pelas quais passei na Europa) a cidade dos morangos, que confrontava com a entrada da estrada para Tupandi. Irmão e cunhada me esperavam para levar-me na casa deles, morro acima, morro abaixo!

Após um almoço farto, fomos caminhar pelas proximidades, até o parque recém-inaugurado pela prefeitura em que havia uma máquina que fornecia água quente aos tauras sem suas garrafas térmicas. Novidade impressionante pra mim, bah!

Como toda população alemã, o parque era muito bem cuidado, tchê! Tinha até uma casinha daquelas alemãs, que fora removida do lugar original para o parque, a fim de embelezá-lo. Nas proximidades um pequeno museu (será que é isso mesmo? Sim, acho que é um museu …)

Bem, gente, Tupandi preza sua origem alemã, claro que nada parecido com a Alemanha, mas eles tentam conservar suas tradições, sua cultura, seus laços com o passado. Acho isso muito legal!

Então, quando forem à Serra Gaúcha saindo de carro de Porto Alegre, desviem umas poucas horas para conhecer Tupandi!

O parque espera vocês lá, com uma máquina que faz água quente pra vocês tomarem o chimarrão. Achei da hora!,

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s